sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Por Onde Andas


Saber que estás por perto,
Torna esta pequena cidade, imensa...
Pensar em encontrar-te
Já foi mais fácil.

Por onde andas, antiga paixão?
Tu, a quem um dia chamei de anjo
E hoje não posso mais
Não consigo mais.

Com quem estás, meu ex-amor?
Tu, que um dia chamei de minha,
Mesmo sabendo
Que minha nunca fostes.

Quem me dera que tu caísse,
Nas profundezas do meu esquecimento,
Grande menina, pequena mulher
Que nunca saiu de dentro de mim.

7 comentários:

  1. as vezes acontece isso mesmo, não conseguimos esquecer certas coisas, algumas lembranças não conseguem sair de nós.
    se quiser, acesse meu blog de arte obscura, está atualizado http://artegrotesca.blogspot.com
    bjos

    ResponderExcluir
  2. Tem mais de ano que me faço essa pergunta..... affff....
    Beijos linda.

    ResponderExcluir
  3. Sei exatamente como é se sentir assim... Aconteceu algo recente comigo... Mas acho que o importante, apesar dos pesares, é seguir em frente.

    Beijos querida~

    ResponderExcluir
  4. Amar podia ser mais fácil, coração e mente nunca tão em sincronia. CARALHO!!! >X

    ResponderExcluir
  5. lindo poemas! Adorei o teu blog^^
    Por isso irei acompanhá-lo :D

    bjs

    ResponderExcluir

Comenta aí, é importante para mim.